Aperte "Enter" para pular para o conteúdo

Categoria: Lendo Ficção

Chocolate Nocilla e ossos esmigalhados

Terminei de ler Nocilla Dream alguns dias atrás. O livro – que se você der uma espremida, escorre umas gotas de hype – é do autor espanhol Agustín Fernández Mallo. Aqui ele foi traduzido por Joana Angélica d’Avila Melo e publicado pela Companhia das Letras. Não há nada de extraordinário nessa história e isso não é uma crítica negativa. Atentem, a história é ordinária no melhor sentido da coisa. Ao terminar a leitura, senti que não havia lido um romance, mas que havia passado uma agradável manhã lendo os feeds que assino no feedly. Com a diferença de que meus feeds são bem mais densos, enquanto o livro não passa do superficial necessário. Talvez eu tenha achado tão leve porque minha leitura anterior tenha sido Zero, o clássico experimental e censurado de Ignácio de Loyola Brandão. E Zero é daqueles livros que você não absorve de boa, mas injeta, fuma e cheira. Ele te toma inteiro e te deixa largado no chão depois.

Capa do livro Nocilla Dream, de Agustín Fernandez Mallo.

Comprei Nocilla Dream por dois motivos: 1.as (muitas) matérias que andaram escrevendo sobre ele despertaram meu interesse e 2.gostei da capa.